Empresa de cibersegurança lança novo recurso para mitigação de ataques fantasmas

São Paulo 18/10/2021 –

O Quantiles DoS Protection é o primeiro produto do mercado que usa algoritmos novos para detectar e bloquear cirurgicamente floods DDoS escondidos em redes de alta largura de banda

A Radware, fornecedora de soluções de cibersegurança e entrega de aplicações, anunciou hoje que aprimorou sua solução DefensePro® DDoS Protection. Pioneira no mercado, a empresa lançou um novo recurso do Quantiles DoS Protection que permite aos provedores de serviços e operadoras mitigar de forma cirúrgica e automática ataques phantom flood e anomalias de tráfego que antes não eram detectadas.

Usando a inovação em algoritmos de DoS da Radware, a solução divide automaticamente o tráfego de entrada em segmentos, chamados quantiles. Com este novo nível de detecção, os provedores de serviços e as operadoras podem interceptar ataques DDoS de “menor volume” — também conhecidos como phantom flood — que, de outra forma, não seriam detectados dentro de redes dinâmicas de alta largura de banda. Para as organizações, esse recurso automatizado elimina o processo caro e complexo de configuração manual extensiva e ajuste contínuo de limiar.

“Até agora, os provedores de serviços e as operadoras foram forçados a comprometer recursos ao proteger redes de grande escala”, comenta Gabi Malka, Chief Operating Officer da Radware. “Por um lado, eles precisam proteger o amplo alcance de suas redes; por outro, precisam fornecer proteção granular para sub-redes específicas ou hosts individuais. Agora, com a nossa nova solução Quantiles DoS Protection, eles podem ter o melhor dos dois mundos em uma solução fácil de usar.”

As soluções de proteção contra ataques DoS que dependem de ajuste manual não protegem adequadamente as organizações contra ataques phantom flood. Em contraste, a solução Radware Quantiles DoS Protection:

– Detecta automaticamente ataques phantom flood em redes de grande escala, com sensibilidade de detecção personalizável.

– Fornece mitigação de minuto zero, criando automaticamente uma pegada e uma assinatura em tempo real para cada ataque.

– Reduz a sobrecarga operacional e economiza custos e tempo para provedores de serviços e operadoras, aproveitando uma solução plug-and-play com configurações dinâmicas inteligentes que simplificam a configuração do sistema.

“Detectar ataques phantom flood em um tráfego de alta largura de banda é uma tarefa exaustiva, que só tende a ficar mais difícil à medida que a demanda por redes 5G, adoção de nuvem e modernização continua a crescer”, disse Shira Sagiv, vice-presidente de portfólio e marketing de produto da Radware. “O impacto dos ataques phantom flood não deve ser subestimado. Eles podem causar uma grande interrupção na experiência do cliente quando passam despercebidos.”

Comentários

%d blogueiros gostam disto: