Pesquisa prevê carência de 408 mil talentos na área de tecnologia até 2022

São Paulo 18/10/2021 – É essencial ter clareza nos seus objetivos e correr atrás para aprender tudo sobre o campo de atuação.

O futuro da tecnologia no país aponta oportunidades e um cenário desafiador para quem escolheu seguir carreira na área. Estudos apontam que desenvolver as competências necessárias contribui para o sucesso na profissão.

Não é de hoje que se discute o futuro da carreira do gestor de TI. Falou-se que ele seria extinto, que perderia influência ou que voltaria a ser algo próximo do que foi no passado, uma espécie de gerente de CPD, isolado do mundo da companhia como um todo. Mas o que se tem visto é algo completamente diferente. O CIO ou CTO é, diariamente, desafiado a demonstrar competências de alguém que contribui para o negócio fim, o que traz desafios como habilidade de negociar, tino para entender e aderir às mais diversas tendências tecnológicas e o velho conhecido alinhamento ao negócio.

É fato que o especialista em tecnologia da informação precisa estar a par das outras áreas, atuar em conjunto e estar preparado para trabalhar o desapego das tecnologias e, por que não, de alguns projetos? Hoje, o CIO é parte de um grupo de gestão, é alguém que tem visão de negócio e não apenas de tecnologia? Abaixo é possível conferir algumas respostas para tais reflexões.

Um estudo elaborado pelo Observatório Softex traça um perfil do profissional de TI no Brasil, incluindo informações sobre escolaridade, vagas no setor, principais cargos de ocupação e áreas de atuação. 
Com o nome de “Persona TI – Caracterização do Profissional de TI no Brasil”, a pesquisa aponta que atualmente hoje 73% dos profissionais que atuam em setores econômicos tipicamente de TI possuem curso superior completo – o número sobe para 74%, caso considerados profissionais com mestrado e doutorado.

O estado de São Paulo concentra a maior parte das vagas, com 42%, enquanto a região Sul responde por 15% de participação no mercado total. Para efeito de comparação, os estados de SP, RJ e MG são responsáveis por 62% das vagas. As micro e pequenas empresas empregam 42% desses profissionais e as grandes 41%.

Pesquisa prevê carência de 408 mil talentos na área de tecnologia até 2022

Outro estudo faz previsão de que até 2022 haverá um déficit de 408 mil talentos. Com isso, as perdas acumuladas entre 2010 e 2020 já alcançam os R$ 167 bilhões. Os dados são da Softex, uma organização social voltada ao fomento da área de TI.

O Brasil é o 10º maior mercado do mundo no setor da atualidade. Lidera os países da América Latina e responde por 40% do total, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes).  Sendo assim, o país precisa enfrentar a falta de mão de obra qualificada para não perder a oportunidade de ser referência na área.

A partir desse panorama sobre o profissional de TI no Brasil, é possível identificar oportunidades no cenário mais recente para a profissão. Por outro lado, também existem diversos desafios que os novos talentos que optarem por essa carreira vão precisar se atentar. No entanto, para aproveitar essas novas chances, é preciso estar alinhado com as demandas e expectativas que o mercado busca.

Para quem tem a intenção de ingressar nesta carreira promissora, ler sobre trajetórias bem-sucedidas de profissionais de TI pode contribuir para traçar uma rota de sucesso. Sabendo disso, o CEO e fundador da inovTI Cloud & Datacenter, Márcio Galbe, concedeu uma entrevista, na qual ele menciona algumas dicas para se tornar um grande profissional de TI.

Galbe está há mais de duas décadas no mercado de tecnologia e a sua história se entrelaça com a da empresa que ele criou nos anos 2000 e que em outubro também completa 21 anos de fundação. Ele pontua que é essencial ter clareza nos seus objetivos e correr atrás para aprender tudo sobre o campo de atuação, sem esperar por formações convencionais, mas deixa claro que uma educação tradicional também é importante e não pode ser menosprezada.

O CEO da inovTI, Márcio Galbe, também enumera algumas competências que contribuem para que este novo profissional de TI se destaque e supere os desafios do segmento nos próximos anos, que são:

  1. Saber se comunicar com as pessoas;
  2. Trabalhar de maneira proativa;
  3. Buscar inovação a todo momento;
  4. Formar-se numa faculdade de qualidade;
  5. Ser autodidata;
  6. Ter sede de conhecimento;
  7. Trabalhar em equipe;
  8. Ter bom domínio de inglês.

Website: http://www.inovti.com.br

Comentários

%d blogueiros gostam disto: