Outubro Rosa: diagnóstico precoce do câncer de mama aumenta chances de cura

Ipatinga, Minas Gerais 28/10/2021 – A melhor forma de combater a doença é garantir o diagnóstico precoce.

Especialistas alertam sobre a importância da realização de consultas e exames preventivos com o intuito de evitar casos graves da doença

Cuidar bem da saúde é fundamental em todos os meses do ano, mas, não há dúvidas de que o movimento mundialmente conhecido como Outubro Rosa tem adquirido uma importância cada vez maior para a saúde pública. De acordo com os dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), somente em 2020, cerca de 2,3 milhões de casos novos de câncer de mama foram estimados em todo o mundo, sendo o tipo de câncer mais incidente em mulheres. No Brasil, a estimativa é de mais de 66 mil novos casos registrados no ano passado.

Nesse cenário, muitas ações são desenvolvidas para alertar sobre a importância do diagnóstico precoce, buscando identificar o mais cedo possível qualquer anormalidade. Afinal, todos os médicos concordam: quanto antes a doença for detectada maiores serão as chances de cura. 

“Diversos fatores estão relacionados ao aumento do risco de desenvolver a doença, tais como: idade, fatores endócrinos/história reprodutiva, fatores comportamentais/ambientais e fatores genéticos/hereditários”, explica o médico ginecologista Dr. Georges Dorilien, que atende na clínica AmorSaúde de Rio Claro (SP), vinculada ao Cartão de TODOS. Por isso, a melhor forma de combater a doença é garantir o diagnóstico precoce, esclarece o ginecologista.

Apesar dos fatores genéticos e hereditários estarem comumente associados ao desenvolvimento do câncer de mama,  pesquisas da Coordenação de Prevenção e Vigilância (Conprev) do Inca apontam que 13% dos casos de câncer de mama em 2020 no Brasil poderiam ser evitados por hábitos saudáveis, principalmente, pela prática de atividades físicas regulares.

Ainda segundo o Dr. Georges Dorilien, todas as mulheres, independentemente da idade, devem ser estimuladas a conhecerem seu corpo para perceberem qualquer anormalidade: “A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres”. O médico ainda lembra que, mais recentemente, o Outubro Rosa também passou a alertar e conscientizar as mulheres não só para a prevenção do câncer de mama, mas também sobre o câncer de colo de útero. “O exame deve ser oferecido às mulheres ou qualquer pessoa com colo do útero, na faixa etária de 25 a 64 anos e que já tiveram atividade sexual. Isso pode incluir homens trans e pessoas não binárias designadas mulher ao nascer”, aponta.

Nesse contexto, em apoio ao Outubro Rosa, algumas ações institucionais facilitam o acesso a consultas e exames relacionados à saúde da mulher. Para mais informações, basta acessar: https://cartaodetodos.com.br/outubrorosa 

 

Website: https://cartaodetodos.com.br

Comentários

%d blogueiros gostam disto: