Como o uso de EPIs na limpeza corporativa pode reduzir acidentes de trabalho

São Paulo/SP 22/11/2021 – Antes da empresa se preocupar com a boa execução do serviço de limpeza, deve se preocupar com a proteção, segurança e saúde dos funcionários.

Com altos índices de acidentes no trabalho, as empresas de limpeza profissional necessitam reforçar o uso de equipamentos de proteção entre os funcionários da corporação.

Ao preparar a equipe de limpeza para a realização do serviço, a empresa de conservação necessita fornecer Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para seus funcionários. Esses equipamentos são importantes pois ajudam a preservar a saúde e a integridade dos colaboradores e evitar riscos mais severos. Muitas vezes, a utilização de EPI é negligenciada por empresas e funcionários pela falta de conhecimento, manuseio, e também por não saberem os riscos que correm caso não utilizem os equipamentos. 

De acordo com o Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, cerca de 49 mil trabalhadores sofreram algum tipo de acidente no trabalho no último ano, sendo que 21% das causas são de lacerações e cortes e 17% dos registros são de fraturas. Muitos dos acidentes trabalhistas podem ser evitados com a utilização dos equipamentos necessários para a proteção do funcionário na hora de executar o serviço.

EPI é a sigla para Equipamento de Proteção Individual, que são todo e qualquer produto ou dispositivo de uso individual para a proteção de um trabalhador de ambientes de risco ou que manuseia produtos que implicam em sua saúde de alguma forma. É determinado pela Lei n.º 6.514/77 (NR-6) a utilização obrigatória dos EPIs em trabalhos de risco.

Uma das principais áreas onde o EPI se torna obrigatório é em serviços de limpeza e conservação, que por muitas vezes mantêm o funcionário em contato direto com produtos químicos, ambientes sujeitos a infecções ou que podem prejudicar a saúde do trabalhador. Além disso, as condições referentes ao ambiente de trabalho como, por exemplo, pisos molhados, podem ocasionar acidentes de trabalho. A proteção dos funcionários deve ser supervisionada por seus gestores. A distribuição do EPI é de total dever da companhia de limpeza e seu fornecimento deve ser gratuito, a fim de preservar a saúde da equipe. 

Além da distribuição dos equipamentos, a empresa deve conscientizar os funcionários sobre a importância do uso constante dos EPIs, mostrando os riscos que correm com uso indevido ou não uso do material. Os EPIs devem ser tratados como material de trabalho, e que sem eles é impossível executar o serviço de forma segura. 

De acordo com o presidente do Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação no Estado de São Paulo (SEAC), Rui Monteiro, os cuidados com a execução dos serviços de limpeza são fundamentais. “Antes de a empresa se preocupar com a boa execução do serviço de limpeza, deve se preocupar com a proteção, segurança e saúde dos funcionários, pois quando um membro da equipe é prejudicado no local de trabalho, toda a execução do serviço é prejudicada. Cada trabalhador importa e a empresa é totalmente responsável pelo seu bem-estar dentro do local de trabalho”, afirma. 

Principais EPIs na área da Limpeza Profissional 

Em cada área de trabalho existem os equipamentos de proteção individual necessários para a segurança no desenvolvimento do serviço. Na área da limpeza profissional não é diferente. “Uma empresa profissional, especializada em serviços de limpeza, certamente oferecerá a seus colaboradores as melhores condições de trabalho, visando, além do bem-estar do colaborador, sua melhor produtividade na execução dos serviços. Por isso é tão importante que as empresas busquem parceiros sérios, que se comprometam com todo o processo da limpeza, e não apenas com o resultado final”, ressalta Monteiro.

Os principais equipamentos de proteção individual para a execução dos serviços de limpeza são as luvas de látex, botas de borracha e óculos de proteção. Em alguns casos pode ser necessário também o uso de máscaras de proteção respiratória, já que, de acordo com a Anvisa, os casos de intoxicação por produtos de limpeza cresceram 23% no último ano. Claro que esses casos são em muitas vezes ocasionados por falta de preparo ou treinamento, mas uma empresa comprometida com a saúde de seus colaboradores evitará que isso aconteça no ambiente profissional. Alguns ambientes ainda exigirão outros EPIs, ainda mais específicos, como capacetes, aventais especiais, como os utilizados em áreas limpas de tecnologia, por exemplo. Nestes locais, o uso de roupa eletrostática se faz obrigatória, ou mesmo luvas mais grossas, dependendo das superfícies a serem limpas. O importante é que a empresa contratada esteja capacitada a oferecer aos seus colaboradores os equipamentos necessários para a boa execução dos serviços.

Limpeza é saúde

Para as empresas de limpeza, a saúde e o bem-estar dos trabalhadores tem que estar em primeiro lugar, pois sem eles, não tem como prestar o melhor serviço. Por isso as empresas têm que estar atentas quanto ao uso dos EPIs, e com as normas exigidas pela NR-6 que regulamenta sobre o uso e fornecimento dos equipamentos de proteção. 

Pensando também em como dar suporte e orientações sobre uso, manuseio e distribuição de equipamentos para as empresas de limpeza, o Sindicato das Empresa de Asseio e Conservação – SEAC criou a campanha “Limpeza é Saúde”. O objetivo da campanha é manter as empresas sempre atualizadas sobre as melhores práticas para a saúde e bem-estar dos seus funcionários e também de todas as pessoas envolvidas no ambiente de trabalho. Além de consolidar essas corporações para que o serviço prestado seja eficiente e de alta qualidade.

As empresas que aderem o “Limpeza é saúde”, recebem o selo da campanha que evidencia e garante para o mercado de negócios que essa empresa além de executar um bom serviço, se preocupa com a saúde das demais pessoas. O SEAC-SP criou a campanha para compreender a importância de um ambiente saudável para trabalhar. Dessa forma, é possível viver em um ambiente de trabalho seguro e com qualidade de vida.

Para mais informações sobre a campanha Limpeza é Saúde: https://www.seac-sp.com.br/index.php/comunicacao2/campanha-limpeza-e-saude

Website: https://www.seac-sp.com.br/index.php/comunicacao2/campanha-limpeza-e-saude

Comentários

%d blogueiros gostam disto: