Foto: Pedro Ribas/SMCS

A Guarda Municipal interrompeu uma confraternização de amigo-secreto que acontecia na Praça Tiradentes, no centro de Curitiba, na tarde desta sexta-feira (11). Cerca de 80 pessoas estavam no local, aglomeradas, em plena pandemia do novo coronavírus, quando as equipes chegaram.

Segundo informações da Guarda Municipal, das cerca de 80 pessoas, de 20 a 30 participavam deste amigo-secreto. O grupo era composto basicamente por mulheres, que também tinham a companhia de crianças.

Os guardas municipais perceberam a aglomeração na Praça Tiradentes e, inicialmente, utilizaram um áudio alertando que as aglomerações não eram permitidas, como medida de prevenção à Covid-19. Mas poucas pessoas deixaram o local. Somente após uma abordagem direta a orientação foi seguida.

A aglomeração contraria o decreto municipal 1640/2020, com vigência até o dia 17 de novembro e que dispõe sobre medidas restritivas para o enfrentamento da pandemia. Pelo documento, estão suspensos “eventos, comemorações, assembleias, confraternizações, encontros corporativos presenciais, que envolvam contato físico e causem aglomerações com grupos de mais de dez pessoas, excluídas da contagem crianças de até quatorze anos, em espaços de uso público ou de uso coletivo, localizados em bens públicos ou privados”.

A Guarda Municipal informou que, desde o início da pandemia, a Guarda Municipal fez cerca de 330 mil orientações à população em quase 22 mil locais para evitar aglomerações, sobre a necessidade de se manter distanciamento social e da obrigatoriedade do uso de máscara de proteção. As equipes também percorrem parques, praças, canchas, terminais de ônibus, ruas e comércios, nos mais diversos pontos da cidade, para inibir as aglomerações.

Os guardas municipais também participam de ações de fiscalizações. Nas noites desta quarta (9) e de quinta-feira (10), foram realizadas 25 vistorias, em diferentes bairros da cidade, para verificar o cumprimento do decreto 1.640/2020.

Nove estabelecimentos foram interditados: um hotel no centro; dois bares e uma lanchonete no centro; um bar e lanchonete no São Francisco; bar, lanchonete e tabacaria, no Capão da Imbuia. Também tiveram as atividades paralisadas uma lanchonete no Centro Cívico, uma no Boa Vista e outra no Pilarzinho, além de uma pizzaria no Pilarzinho. 

Entre os locais interditados, dois estabelecimentos receberam notificação por comércio irregular. Outros 14 estabelecimentos, que haviam sido denunciados pela população, estavam fechados no momento da fiscalização. 

Além da Guarda Municipal, participaram das fiscalizações equipes da Secretaria Municipal do Urbanismo e Polícia Militar.

Colaboração: Assessoria GM

Comentários

%d blogueiros gostam disto: