Foto divulgação assessoria / Dr. Guilherme Scheibel, otorrinolaringologista

De acordo com a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), em pesquisa divulgada em 2019, realizada em 2018, o Brasil realizou mais de 1 milhão de cirurgias plásticas e 969 mil procedimentos estéticos não cirúrgicos. Com esses números o país se tornou o que mais faz cirurgias plásticas no mundo, desbancando os Estados Unidos e diversos países da Europa. 

Entre as mais procuradas estão a prótese de silicone, que consiste em implantar próteses para aumentar mamas pequenas, flácidas ou com alguma deformação, a lipoaspiração, indicada para remover acúmulos de gordura localizadas nas áreas do abdômen, costas, coxas, braços e cintura e também a rinoplastia, cirurgia que remodela o nariz.

A rinoplastia caiu no gosto dos brasileiros, nesse cenário, por ser uma das cirurgias mais populares e buscadas por homens e mulheres. Os principais motivos que colocam essa cirurgia em destaque são explicados pelo especialista em rinoplastia, o otorrinolaringologista Dr. Guilherme Scheibel. Ele conta que atualmente as pessoas buscam esse procedimento não só para melhorar o visual, mas também para restaurar a função nasal.

O doutor esclarece que a rinoplastia deixa o nariz e, consequentemente, o rosto esteticamente mais bonito. A técnica cirúrgica trabalha no remodelamento dos ossos e cartilagens, dando uma nova forma ao nariz. Como o nariz fica em destaque no rosto, toda a face ganha uma aparência mais harmônica. “Um dos principais objetivos com o procedimento é deixar o nariz com um aspecto natural, para que o rosto fique mais atraente”, conta Dr. Guilherme. 

A cirurgia é recomendada para os casos de narizes com a famosa “giba”, ponta globosa, caída, com tortuosidades e outras deformações.  O Dr. Guilherme Scheibel atende muitas pessoas com esse perfil em seu consultório, que fica em Maringá, no Paraná. 

Além desses casos específicos que recorrem à rinoplastia pela melhoria na aparência, existem também os que a procuram por uma melhor qualidade de vida, pois, além da melhoria na estética, alivia problemas respiratórios, tudo no mesmo procedimento. Alterações nasais como a obstrução, podem causar roncos e ainda estarem associadas a doenças como rinite e sinusite”, alerta o doutor.

Segundo ele, uma intervenção cirúrgica relativamente simples como a correção de desvio de septo, pode influenciar a função de respirar e melhorar até o desempenho em práticas esportivas, que requerem um bom condicionamento físico. “Com a rinoplastia a pessoa só tem a ganhar em qualidade de vida”, pontua.

A cirurgia é também bem-vinda em casos específicos de acidentes e traumas. Por mais estranho que isso possa parecer, fraturas no nariz são responsáveis por muitas procuras da rinoplastia. Episódios de acidentes, quedas, práticas de esportes e muitas situações podem levar a lesões na região nasal. Para esses casos, o doutor orienta os pacientes a procurar ajuda médica assim que possível. “Nesses casos, a recomendação é consultar um cirurgião logo após a lesão. Essa consulta é fundamental para saber se houve alguma fratura e se existe um prazo específico para corrigi-la”, informa Dr. Guilherme.

Mas isso não vale só para episódios de fraturas no nariz, a decisão de fazer a rinoplastia precisa ser pensada com cautela e deve ser tomada após muita pesquisa e informação. A escolha do cirurgião, por exemplo, é de extrema importância. “Hoje se vê muitos profissionais não capacitados colocando os pacientes em risco. É preciso buscar dados sobre o médico, fazer contato com os pacientes que já passaram pelo consultório, entre outras atitudes”, alerta o doutor. 

“Mas um dos principais fatores para buscar a rinoplastia é a autoestima. Às vezes, o formato do nariz deixa a pessoa incomodada ou até mesmo faz com que ela sofra críticas, bullying e assédio, e isso deixa marcas permanentes na confiança que ela tem em si”, complementa Dr. Guilherme.“Se faço a pessoa se sentir bem consigo mesma após a rinoplastia, penso que a cirurgia foi bem sucedida”, finaliza.

Dr. Guilherme Scheibel atende em Maringá/PR.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: