O QUE É COOL?

Que há algumas palavras em línguas diferentes da nossa que expressam melhor um conceito, ideia ou coisa, disso eu não tenho a menor dúvida. Da mesma forma, temos em nossa língua portuguesa palavras que expressam ideias de maneira mais eficaz que em outros idiomas como é o exemplo da palavra “saudade”, que em toda sua complexidade só encontra definição ideal na versão em português. Irei por meio destes textos publicados semanalmente fazer com que você leitor também não tenha dúvida sobre o alcance de certos conceitos e definições que vão além do idioma pelo qual você mais frequentemente se comunica desde que se entende por gente.

E falando em gente… A palavra de origem inglesa COOL é um belo modelo de palavra estrangeira que define um conceito que em anos de pesquisa como “coach” de imagem e relacionamento que sou, jamais consegui encontrar equivalência em nossa língua portuguesa. Me interesso pelo “cool” e seu significado múltiplo por inúmeras razões sendo a principal o fato de que em uma só palavra encontro a definição perfeita do comportamento humano que serve como referência daquilo que faz ao mesmo tempo uma pessoa ser interessante, carismática, estilosa, agradável, segura de si e extremamente auto confiante e voltada para o sucesso que é a pessoa dita “cool” e que por ter esta e outras definições que serão orgulhosamente descritas ao longo do tempo nesta coluna, explica de maneira fabulosa a beleza da natureza humana em toda sua imperfeição e complexidade.

Se você correr no dicionário neste momento, verá a tradução de cool como: Legal (gíria), calmo, fresco (frio mas não gelado), indiferente, passivo, arrojado, ponderado, corajoso, apático, estóico, descarado e destacado só pra citar algumas. O COOL, porém, pode ser tudo isso e muito mais! Essas definições práticas estão aquém do conceito de “cool” que iremos descrever em partes nesta coluna voltada para a abordagem de assuntos como marketing pessoal, desenvolvimento de carisma, criação de “mindset” positivo para relacionamentos saudáveis, felicidade pessoal, autoconhecimento, desenvolvimento de empatia, habilidades sociais (soft skills) , comunicação eficaz, desenvolvimento de autoestima, estilo pessoal, comportamento, espiritualidade e muitos outros assuntos vistos pelo ângulo da psicologia positiva, da PNL, filosofia, autoajuda, neurociência, psicologia evolutiva, inteligência emocional, “mindfulness”, lei da atração e até da física quântica, com citações de trabalhos artísticos do mundo POP, da música em geral e do cinema, para citar algumas fontes de inspiração contidas nas linhas destes textos carinhosamente preparados por meio de muito estudo com a intenção de te auxiliar em seu crescimento pessoal.

Você poderia então me perguntar: Sim, ok, ser cool parece “legal”, mas por que mesmo precisaria aprender sobre esta verdadeira filosofia de comportamento? Isso melhoraria minha vida em algum aspecto? Que solução isso daria para minhas questões práticas e existenciais? Para que me serviria ser “cool” neste momento em que vivemos e como isso me prepararia para uma vida mais saudável emocionalmente e que como consequência me colocaria em comando total de minha existência? E eu responderia: Soluções são encontradas dentro de nós mesmos. Existem portanto ferramentas que facilitarão este caminho para dentro de si próprio e que quando utilizadas de maneira sóbria e atenciosa lhe farão ir de encontro com o que mais deve importar em sua vida: O encontro consigo próprio. O conceito de COOL é com certeza uma dessas ferramentas.

Portanto, adotar um comportamento “cool” marcado principalmente por alto nível de autoconfiança e entendimento do mundo e da natureza humana em geral será sim o início de uma viagem para entendimento dos meios que lhe tornarão uma pessoa mais feliz, calma, focada, confiante, determinada, descolada, sábia e admirada por todos e por você mesma. Portanto, embarque nesta jornada de autoconhecimento e admiração por essa vida linda, de maneira elegante, racional e honesta. Tenho certeza e sei que você também terá, que podemos sempre criar uma versão mais cool, mais legal, mais produtiva de nós mesmos, e que isso só está começando…

Comentários

%d blogueiros gostam disto: