Como reconhecer um bom vinho e dominar a degustação

São Paulo 21/10/2021 – A degustação na prática, utilizando um método simples e fácil, pode nos ajudar a descobrir efetivamente se estamos diante de um bom vinho

As mulheres estão cada vez mais interessadas em fazer parte do mundo dos vinhos para aprender a reconhecer bons vinhos, construir sua opinião sobre a bebida e desenvolver seu gosto pessoal.

Recentemente aconteceu em São Paulo a feira internacional de vinhos ProWine 2021, o primeiro evento 100% presencial nestes tempos de flexibilização dos protocolos da pandemia, reunindo um público profissional do setor e trazendo muitas novidades.

Dentre os diversos temas debatidos, tais como a retomada do mercado de vinhos, as novas tendências e o crescimento do consumo de vinhos no Brasil, teve especial destaque o painel a “Ascensão do Vinho em Lata”, que apresentou as oportunidades e desafios que novas embalagens e formatos trazem para a indústria, e por que não dizer, para o consumidor final também.

Afinal, o vinho é repleto de tradições milenares, e quando se pensa em vinho, a pergunta recorrente sempre gira em torno do que é um bom, como reconhecer um bom vinho.

Na opinião da sommelière Lylian Loureiro, da Castália Mulheres do Vinho e que esteve na ProWine, ainda existe muita confusão sobre o assunto. “Posso concordar com a frase que vinho bom é aquele que a pessoa gosta, já que vinho é uma questão de gosto pessoal”, comenta Lylian Loureiro. “Porém não posso deixar de pontuar que nem sempre o gosto pessoal corresponde à qualidade do vinho”, comenta a sommelière.

Na realidade para avaliar vinhos existe uma ferramenta utilizada pelos profissionais, que também pode ser aprendida por enófilos, e que justamente serve para o reconhecimento dos vinhos, suas características, suas qualidades e também seus defeitos. E esta ferramenta se chama análise sensorial, utilizada nas práticas de degustação de vinhos.

Ou seja, saber o que é um bom vinho se faz degustando. E é isso que as mulheres que fazem parte da Castália Mulheres do Vinho vêm fazendo desde o início da pandemia no ano passado. Elas degustam de forma online, aprendem sobre os diferentes tipos de vinhos, uvas e regiões produtoras e, ao mesmo tempo, trocam conhecimentos e experiências com outras mulheres. Desta forma podem construir sua opinião sobre a bebida e desenvolver seu gosto pessoal.

“A degustação na prática, utilizando um método simples e fácil, pode nos ajudar a descobrir efetivamente se estamos diante de um bom vinho, acabando de vez com alguns mitos do mundo do vinho, como aquele de que para ser um bom vinho tem que ser caro ou importado”, explica Lylian Loureiro, que acredita que as mulheres estão cada vez mais interessadas em dominar o universo dos vinhos.

Criadora do método Castália Mulheres do Vinho, a sommelière tem ensinado para mulheres as técnicas e práticas da degustação como forma de alcançar cada vez mais este objetivo. E, além disso, sempre está realizando eventos online exclusivos para mulheres que já gostam de vinhos, já bebem vinhos, e que desejam avançar e aprender a degustar.

O próximo evento online “Vinho é coisa de Mulher” acontece dia 25 de outubro e as inscrições já estão abertas no site. Para saber mais informações e fazer a inscrição, basta acessar: https://mulheresdovinho.com.br/inscrever-org

Website: https://mulheresdovinho.com.br/inscrever-org

Comentários

%d blogueiros gostam disto: