Mesa de centro e estante: especialista dá dicas para compor a decoração da sala

24/11/2021 –

Além da harmonia estética, ambiente ideal deve alinhar lifestyle e utilidade

Planejar a decoração é o primeiro passo para compor qualquer ambiente, em especial, a sala de estar de uma casa, que é geralmente o primeiro e principal espaço a ser frequentado. Pensando nisso, Karla Silva, designer de interiores, separou algumas dicas práticas para auxiliar na composição de dois dos principais focos de atenção da sala de estar: a mesa de centro e a estante.

“É interessante que a composição da estante apresente uma proporção adequada, de acordo com o estilo de vida do dono do espaço, e sempre que possível, trazer itens que tenham alguma utilidade, para além dos fins estéticos”, explica Karla. “Essa composição agrega sentido ao ambiente, refletindo hábitos e personalidades dos moradores da casa”, complementa Karla.

Harmonização de cores

Para criar uma harmonização de cores entre a sala de estar e a decoração da mesa de centro, Karla observa que “é extremamente importante haver leveza nos objetos que ficarão em cima da mesa e que esta, por sua vez, tenha tons mais claros do que o que estará em cima dela”, revela. “Além disso, o ideal é não investir em cores que diferem muito do ambiente. No caso de uma mesa de vidro, por exemplo, o que irá se destacar é a cor do tapete”, complementa a designer.

Composição e proporção da estante

O perfil e as preferências do cliente são essenciais na hora de criar uma composição que atenda as expectativas. “O estilo do cliente é um fator determinante para trabalhar as possibilidades de decoração. Se o cliente for minimalista, por exemplo, o ideal é seguir este mesmo perfil no que diz respeito à quantidade e tamanho dos objetos. Agora, no que diz respeito à proporção, o volume também é um fator relevante. Por exemplo, dificilmente usamos apenas um livro para exibir na estante, a não ser que ele seja bem grosso”, pontua a designer.

Aposte no que você tem disponível

Para quem nunca decorou uma mesa de centro, a tarefa pode gerar algumas dúvidas. Neste caso, a principal dica de Karla é: faça bom uso daquilo que você já tem em casa e considere a função do ambiente. “O que você faz na sua sala de estar? Se leitura for a sua resposta, comece buscando livros. E complemente com objetos úteis para uma atividade como essa, por exemplo, uma lupa”, afirma Karla.

Outros itens interessantes citados pela especialista são “velas aromáticas, caixinhas para guardar o controle remoto, abafadores de chama e plantas. É importante prestar atenção na altura para que não atrapalhe a visualização de telas de TV.”

Um dos principais pontos de atenção: o que não fazer

Detalhes podem ser ajustados sem grandes problemas, no entanto, existem alguns deslizes que devem ser evitados ao máximo por causarem impacto negativo tanto na parte estética quanto na funcionalidade do ambiente. “Alguns dos principais conselhos nesse aspecto são: não deixar vaso sem planta, não esquecer objetos quebrados e nem deixar à mostra materiais (livros, revistas, etc) com conteúdo restrito ao público adulto”, aconselha Karla.

“Seguindo todas estas dicas, creio que será possível começar a decorar tanto uma mesa de centro quanto uma estante de maneira coerente, a fim de preservar a identidade de cada um, valorizar o ambiente e acolher quem o frequenta”, finaliza a designer.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: