Startups do Brasil e França vencem desafio de sustentabilidade da Bayer e AgTech

7/12/2021 –

Vencedoras foram escolhidas entre mais de 100 inscritos para propor soluções inovadoras no setor agrícola

Produzir mais alimentos sem esgotar os recursos naturais do planeta é um dos desafios mais urgentes que a agricultura enfrenta hoje. A fim de encontrar soluções inovadoras para essa questão, a multinacional de saúde e nutrição Bayer, em parceria com o hub de inovação AgTech Garage, lançou a chamada para o “Desafio de Sustentabilidade Bayer LATAM”. Somente em um mês, mais de 100 startups do Brasil e de outros países enviaram suas inscrições. 

Para participarem, as agtechs precisavam apresentar projetos que tivessem como foco alguns temas prioritários para uma agricultura mais sustentável, nas categorias de uso eficiente da água; monitoramento do uso do solo e da proteção florestal; capacitação tecnológica de pequenos agricultores; rastreabilidade; manejo de pragas e doenças; e redução das emissões de gases de efeito estufa.

A mineira iCrop, uma das vencedoras, possui soluções que auxiliam os agricultores a terem uma gestão de irrigação mais assertiva, com tomadas de decisões baseadas em dados gerados por meio da plataforma. Além disso, com consultorias espalhadas pelos principais polos do país, a empresa busca proporcionar aos produtores rurais uma alta produtividade aliada a otimização de água e energia elétrica. 

“É inevitável que a inovação parta de um processo cada vez mais colaborativo, e a cocriação é um dos principais caminhos para endereçar demandas do setor de uma forma mais ágil e rápida, auxiliando os agricultores em diferentes etapas da cadeia produtiva”, comenta Alejandro Girardi, Diretor de Relações Públicas, Ciência e Sustentabilidade para a América Latina da divisão agrícola da Bayer. “É isso que tem nos encorajado a intensificar a atuação no modelo de inovação aberta com startups, hubs de inovação e outras entidades, incluindo o meio científico, a fim de firmar parcerias para solucionar desafios e problemas do agronegócio”, completa. 

A segunda vencedora do desafio foi a startup francesa MyEasyFarm, que lançou recentemente sua operação no Brasil. A agtech possui uma solução que colhe dados da fazenda ligados ao solo, clima, máquinas e práticas agrícolas, para medir o armazenamento de carbono dos agricultores, bem como as emissões de cada operação. Com as informações, a plataforma produz um relatório do sequestro de carbono na propriedade, com objetivo de facilitar a mensuração para incentivar práticas sustentáveis.

“Nosso diferencial é que somos integrados a uma plataforma de agricultura de precisão, então ela capta todos os dados e automatiza, gerando uma declaração de boas práticas. Com isso, o produtor rural consegue provar, sem necessidade de processos burocráticos, o quanto de carbono conseguiram sequestrar, por exemplo”, conta Martin Lucidarme, representante da MyEasyFarm no Brasil.

“A Bayer se destaca como empresa que gera valor para o ecossistema e consequentemente colhe bons frutos. Também chama atenção como, de forma genuína, fomenta a sustentabilidade das pessoas e do planeta, alinhada com sua visão de “Saúde para Todos, Fome para Ninguém”, na mesma direção do nosso propósito de “Alimentar os empreendedores que irão alimentar o mundo”, comenta José Tomé, CEO e cofundador do AgTech Garage. “É nosso papel como Hub atrair as melhores startups globalmente e oferecer as melhores oportunidades para a cocriação de soluções entre todos os atores da nossa rede”, complementa.

Da ideação à execução

Durante a realização do programa, que tem duração prevista de dois meses, as startups selecionadas vão interagir com as áreas de negócio da Bayer para estruturar um projeto piloto junto a potenciais clientes. Além disso, terão a oportunidade de expandir a solução nos países elegíveis através da Orbia, plataforma de marketplace da empresa. 

“Para nós, ter sido uma das duas vencedoras deste desafio, foi uma experiência muito interessante, principalmente porque nosso foco é totalmente voltado para a gestão de água e energia. É uma felicidade poder fazer parte desta iniciativa e ser apoiado por uma empresa como a Bayer, já tão consolidada no mercado e com uma visão muito mais ampla de soluções sustentáveis do que a nossa, conta Andre Boncompani, CEO da iCrop. 

Por meio de iniciativas como o Desafio de Sustentabilidade Bayer LATAM, a companhia espera apoiar cada vez mais a criação de soluções efetivas que levem ainda mais produtividade e assertividade aos agricultores, aliadas a práticas sustentáveis. A chamada ainda está alinhada aos pilares estratégicos da companhia de entregar inovação, definir novos padrões de sustentabilidade e ser pioneira na transformação digital no campo. 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: