Neurocirurgiões do Hospital INC ministram curso sobre técnica cirúrgica para tratar parkinson e epilepsia

Voltada a neurocirurgiões e residentes, programação da Academia Brasileira de Neurocirurgia sobre aperfeiçoamento em neurocirurgia funcional vai até dezembro

Foto: Divulgação

A Academia Brasileira de Neurocirurgia (ABC) realiza, até dezembro deste ano, o Curso Anual de Aperfeiçoamento em Neurocirurgia Funcional e Esterotáxica. Organizado pelos neurocirurgiões dr. Murilo Meneses, chefe do serviço de Neurocirurgia Funcional do Hospital INC, e dr. Daniel Benzecry de Almeida, também do INC, a programação tem como objetivo ensinar os detalhes e o passo a passo de cirurgias para neurocirurgiões e residentes interessados na neurocirurgia funcional.

“Essa especialidade inclui a estereotaxia, técnica que permite chegar a um ponto específico dentro do cérebro de forma precisa e segura por um pequeno furo de trépano no osso”, explica o dr. Murilo. O método permite, por exemplo, a implantação de eletrodos conectados a um gerador para a estimulação cerebral profunda em pacientes com doença de Parkinson.

A Neurocirurgia Funcional inclui também o tratamento da dor crônica, e oferece possibilidades avançadas para controle do sintoma mesmo em doenças graves, como o câncer. “O tratamento de epilepsia por cirurgia consegue fazer com que pacientes dependentes de cuidados e resistentes aos medicamentos fiquem livres de crises epiléticas”, detalha o neurocirurgião. O curso aborda também o tratamento cirúrgico das desordens psiquiátricas.

As aulas do curso acontecem online. A programação teve início do mês de março.

mas ainda há tempo para inscrições, que devem ser feitas no site da ABNC:  http://abnc.org.br/eventos-abnc.php

Colaboração Assessoria de Imprensa

Comentários

%d blogueiros gostam disto: