Sanepar divulga tabela de rodízio em Curitiba e RMC até 15 de setembro

Foto: Gilson Abreu

A Sanepar divulgou nesta quinta-feira (09) a tabela com programação do rodízio no abastecimento de água de 9 a 15 de setembro em Curitiba e outras 13 cidades da Região Metropolitana: Araucária, Almirante Tamandaré, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Colombo, Fazenda Rio Grande, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, São José dos Pinhais e Tijucas do Sul. 

Nesta quinta, o nível do Sistema de Abastecimento Integrado de Curitiba e RMC está em 50,94%.

Estão destacadas em vermelho as áreas que tiveram rodízio suspenso devido a serviços e obras programadas, e em amarelo as novas datas dessas regiões.

OUTRAS REGIÕES – Na Região Sudoeste, estão em rodízio Pranchita e Santo Antônio do Sudoeste e no Norte do Estado, Ibaiti, Jardim Alegre e Jandaia do Sul. Em Pranchita e em Santo Antônio do Sudoeste, a estiagem provocou redução de 60% na vazão dos poços que abastecem as cidades, que têm sistema integrado de abastecimento.

Em Pranchita, foi perfurado um novo poço em julho de 2020 e outro em julho de 2021. Em Santo Antônio do Sudoeste, em 25 de agosto entrou mais um poço em operação, mas devido à estiagem a vazão prevista de 20 mil litros por hora caiu para 9 mil litros por hora. A Sanepar tem utilizado caminhão-pipa para reforçar o abastecimento – mesmo assim, é preciso manter o rodízio.

Em Jandaia do Sul, a estiagem prolongada derrubou drasticamente a vazão do Rio Marumbizinho, dos poços e minas. No fim de setembro entrará mais um poço em operação, com a expectativa de compensar a redução do volume dos outros mananciais.

Em Jardim Alegre, foi substituída a bomba do poço que abastece a cidade, mas não houve alteração significativa na vazão que já estava baixa devido à estiagem. A normalização depende de muita chuva.

Em Ibaiti, em função da crise hídrica, a Sanepar vem há três meses reforçando o abastecimento com caminhão-pipa. Há uma obra em andamento para operacionalizar um novo poço, com vazão de 80 mil litros por hora, e está em licitação a operacionalização do poço 5, com mais 20 mil litros por hora.

Confira a tabela de Curitiba e RMC.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: